quinta-feira, 22 de outubro de 2009





"Que delicia a tua boca que me beija sem parar,
Tuas mãos percorrendo meu corpo... me acariciando com esse toque.
Tudo isso que sentimos e aquilo que fazemos
Nos domina e intensifica nossa vontade...
Que gostosa essa loucura que não conhece limites
vai reforçando nossa paixão e nos torna um único ser..."



4 comentários:

Vitor Silva .. disse...

Um único ser... (Y)

Rogerio disse...

que poesia....muito bom...um toque de sedução;.;;

Naya Rangel disse...

Bonito poema ... Do picante ao romântico ...

Abraços!

£arissa Alves disse...

lindo , lindo *..*
beijinhos :*